Fale Conosco - (21) 2570-8305

Troca de Velas

Se seu carro tem um problema nós temos a solução!

Troca de Velas 

A  vela de ignição é responsável por gerar a centelha (faísca elétrica), fundamental para o bom desempenho do motor e consumo de combustível.

Esta vela é um dispositivo elétrico que se encaixa à cabeça do cilindro num motor de combustão interna e recebe a voltagem de 20 ou 30 mil Volts da bobina, através do rotor do distribuidor que, devido à propriedade de continuidade de circulação da corrente nos circuitos indutivo, faz saltar uma centelha em sua ponta. Como a ponta da vela está no interior da câmara de combustão, tal centelha provoca a explosão da mistura ar/combustível aspirada do carburador ou injeção eletrônica, o que provoca o afastamento do pistão e consequente o funcionamento do veículo.

Existem vários fatores que podem influenciar essa durabilidade e comprometer a eficiência das velas, como filtros de ar e combustível sujos, motor funcionando em baixa rotação por tempo prolongado, ponto de ignição atrasado ou adiantado, cabos de ignição desgastados ou com fugas de corrente, válvulas injetoras defeituosas, e, principalmente, a utilização de combustível de má qualidade, que gera carbonização dos eletrodos, falha de ignição, consumo excessivo, aumento de emissão de poluentes etc.

Por isso, antes de trocar velas ou mesmo no momento da substituição, verifique também o estado de uso desses componentes, para que assim, todo o conjunto funcione perfeitamente e tenha a durabilidade garantida.

A recomendação é que velas de ignição sejam avaliadas a cada revisão do motor e que sejam trocadas de acordo com determinações do manual do fabricante do veículo. Na checagem das velas, o reparador deve utilizar um calibrador para se certificar de que a folga entre os eletrodos está dentro das especificações de fábrica.

O técnico precisa avaliar ainda o desgaste excessivo e o arredondamento nos eletrodos, além dos sintomas de falhas e excesso de consumo e de emissões de poluentes do motor. Velas instaladas incorretamente podem causar danos sérios ao motor, como por exemplo, uma vela com comprimento de rosca maior do que o especificado corre o risco de encostar no pistão, assim como o aperto excessivo ou encaixe imperfeito, que além de quebrar a vela, danifica a rosca do cabeçote.

Todos esses componentes funcionando em bom estado contribui para que o motor, além ter bom rendimento, seja econômico e não polua o meio ambiente.

O prazo para a troca das velas é estabelecido pelo fabricante do carro. Adiar a substituição significa aumentar o consumo e reduzir o desempenho. Normalmente, o prazo é de 10 mil a 40 mil quilômetros rodados.

Udam Pneus
Revenda Autorizada Michelin

Rua Conde de Bonfim, 761 - Tijuca - RJ